fbpx
06/02/2020

A importância de respeitar as diferenças

Por: Luís Moura    

 

Em uma turma formada por 20, 30 ou mesmo 40 alunos, encontramos as mais diversas etnias, costumes, crenças, idades, condições de vida. Mesmo sendo de uma mesma comunidade, os alunos são diferentes, cada um tem a sua história e a sua visão de mundo, a sua interpretação dos fatos, de acordo com a sua realidade. Portanto, o professor não pode ignorar essas diferenças se ele quiser atingir um resultado efetivo de aprendizagem.

Todas os alunos “são iguais”, mas cada um com a sua capacidade de aprender, e é essa capacidade que o professor deve buscar identificar: qual a melhor maneira que o aluno A ou B assimila o conteúdo? Não estou dizendo que a aula deve ser individualizada, mas sim uma aula que consiga fazer com que todos os alunos compreendam a matéria e o mais importante, se interessem pela matéria, que estimule a curiosidade, que faça os alunos quererem mais.

Trazer o conteúdo para a realidade da comunidade em que a escola está inserida é uma das melhores maneiras de entender e respeitar as diferenças, procurar contar a história do bairro, a rua que eles moram, até mesmo a história da escola, colocando assim os alunos como agentes ativos da história local.

Dessa forma, a troca de experiências e a história dos alunos podem deixar a aula muito mais agradável e rica, e também ganhar a confiança dos estudantes, fazendo com que eles se sintam inseridos no processo, como também sendo muito importante para a integração e respeito entre os alunos, quando o aluno conhece a história do outro ele aprende a respeitar, evoluindo socialmente dentro da escola e na sociedade.

Mas para que isso aconteça, é preciso que o professor esteja sempre atualizado nos processos de aprendizagem, para que ele seja capaz de propor atividades coletivas e inovadoras em que os alunos possam trocar essas experiências, para que eles possam se colocar no lugar do colega e entender as dificuldades dos outros.

O professor não apenas ensina. Ele ensina a ensinar, ensina a aprender e, o mais importante, aprende com o que ele está ensinando.

 

Entretanto

Entretanto Educação
Avalie o artigo
[Total: 1    Média: 5/5]
COMPARTILHE
PARTICIPE
Faça seu login
Avalie o artigo
[Total: 1    Média: 5/5]
COMPARTILHE
Recomendados
Outras matérias da mesma editoria