08/07/2021

Política Editorial para combater estereótipos de raça e etnia na aprendizagem

Compreender e respeitar a pluralidade do mundo é o valor fundamental da educação. Pensando nesse papel transformador da inclusão e do respeito às diversidades, recentemente, a Pearson publicou diretrizes editoriais para combater os estereótipos de raça e etnia em todos os materiais que produz.

As diretrizes são um conjunto de boas práticas e orientações pensadas para que a criação de todos os materiais da Pearson sejam “apropriados, efetivos e relevantes para todos os aprendizes, para o século 21 e além”.

Este é um recurso para ajudar os desenvolvedores de conteúdo, autores, revisores e editores, a criar representações significativas de minorias, desafiar estereótipos raciais e combater preconceitos associados em todos os cursos, materiais digitais, serviços, qualificações e avaliações. 

“Este é um passo importante para abordar o preconceito sistêmico e pessoal relacionado à raça e etnia no conteúdo acadêmico e para garantir que o que produzimos é antirracista, preciso e autêntico”, disse Ebrahim Matthews, vice-presidente sênior de escolas globais da Pearson.

Os pilares da Política Editorial estão centrados nos seguintes eixos:

1.Respeito aos Direitos Humanos, incluindo ausência de Discriminação e Preconceito

A Política orienta para que o conteúdo criado seja representativo e reflita os direitos de todos, evitando qualquer discriminação ou preconceito associado à ascendência, aparência, cor, raça, cultura e outros.

2.Apoio à conscientização e à promoção da Diversidade e da Inclusão 

Para garantir que os produtos e conteúdos representem a sociedade amplamente e reflitam a diversidade de públicos, a Pearson se compromete a apoiar todos os aprendizes, independentemente de suas habilidades. Para isso, considera na criação dos seus produtos: diversidade do público global; identidade e direitos linguísticos; conteúdo criado que não rebaixe ou faça julgamento ou estereótipo de indivíduos ou grupos de pessoas; e não seja depreciativo em relação a pessoas independentemente das diferenças.

3.Apoio à aprendizagem baseada em evidências e fatos

A Pearson se compromete em apresentar a gama completa de evidências factuais, com estatísticas de fontes confiáveis, para assuntos que incluem igualdade entre etnias e raças, criando conteúdos em linha com a justiça, a imparcialidade, privacidade,  verdade e o uso de linguagem apropriada.

4. Criação de conteúdo legal e imparcial

Para isso, o conteúdo produzido deve estar alinhado às leis e práticas relacionadas a antissuborno e anticorrupção, prevenção de danos e ofensas, leis do país, integridade e liberdade editorial.

Clique aqui para acessar a Política Editorial na íntegra

Entretanto

Entretanto Educação
Avalie o artigo
[Total: 0   Average: 0/5]
COMPARTILHE
PARTICIPE
Faça seu login
Avalie o artigo
[Total: 0   Average: 0/5]
COMPARTILHE
Outras matérias da mesma editoria