23/12/2020

O aprendizado nunca mais será o mesmo: o que vem pela frente?

“Nada do que foi será, de novo, do jeito que já foi um dia… Tudo passa. Tudo sempre passará.” Se estivesse compondo hoje uma música para os tempos atuais, talvez Lulu Santos não conseguisse resumir tão bem como nesse trecho de “Como uma onda no mar”. A pandemia da Covid-19 acelerou transformações em todos os setores. No aprendizado não é diferente: esta fase deixará marcas permanentes e dificilmente o setor retornará ao que era realizado como padrão até o início deste ano.

A Global Learner Survey 2020, pesquisa realizada pela Pearson com aprendizes de vários países, revelou que quase 90% dos respondentes acreditam que a aprendizagem online fará parte dos ensinos fundamental, médio e superior. 2021 ainda será de muitas incertezas e desafios, mas alguns temas como ensino híbrido e aprendizagem ativa na modalidade online tem sido bastante discutidos por especialistas.

 

Mudar e diversificar

Para Claudia Yazlle, Gerente pedagógica da Pearson Brasil, será necessário equilibrar aulas síncronas, com vídeos gravados, games e outras ferramentas para não haver excessos de aulas expositivas com ‘monólogos’: “Sempre falamos muito das avaliações diversificadas e sobre as aprendizagens ativas na sala de aula presencial. Fazer essa aprendizagem ativa mediada por tecnologia é um grande desafio, para que a gente não volte somente para as aulas expositivas”, acrescentou.

Um ponto que também chamou atenção também de especialistas durante o distanciamento social foi a superexposição de alunos às telas de computadores e celulares. Claudia concorda com a preocupação e reforça: “além da superexposição, o que me preocupa ainda mais é uma superexposição passiva dos alunos. Isso é terrível. Então, um dos desafios é como utilizar as tecnologias para fazerem com que os estudantes participem de forma ativa das aulas”.

Com a chegada de um novo ano, a expectativa para a aprendizagem é que as experiências e resoluções obtidas diante de tantos obstáculos durante os últimos meses contribuam para um melhor planejamento e aproveitamento de todas as possibilidades que as novas mídias proporcionam. Que as transformações continuem e sigam em direção a uma troca de conhecimentos cada vez mais qualificada, inclusiva e tecnológica.

Entretanto

Entretanto Educação
Avalie o artigo
[Total: 0   Average: 0/5]
COMPARTILHE
PARTICIPE
Faça seu login
Avalie o artigo
[Total: 0   Average: 0/5]
COMPARTILHE
Recomendados
Outras matérias da mesma editoria