20/03/2020

Cononavírus: como explicar a pandemia às crianças e criar uma rotina de estudos e conscientização

Durante período de isolamento social, a manutenção dos estudos e o diálogo serão fundamentais

É chegado o momento em que a rotina de boa parte dos brasileiros muda em decorrência do coronavírus (COVID-19). Em todos os sentidos, os brasileiros precisam reorganizar suas rotinas e traçar planos para o isolamento social, já que muitos escritórios recomendaram home-office e boa parte das redes de ensino interromperam o funcionamento das aulas em todo o país.

Mas, como de fato podemos educar e entreter as crianças no período de isolamento social, sem prejudicar a rotina dos pais, a educação dos filhos e, ainda, transformar esse período em momentos prazerosos entre a família?

Tecnologia será fundamental para o destanciamento social, mas cuidado!

Sem babás, sem aulas e longe dos avós, a tendência é que os celulares, tablets e a televisão passem a ser melhores amigos das crianças nesse período de isolamento. Mas, se por um lado a tecnologia vai ser fundamental para o trabalho dos pais, por outro, ela pode agravar a ansiedade inevitável nas crianças.  Estabelecer horários para o entretenimento por meio da tecnologia será uma boa decisão.

Hora do estudo

O Ministério da Educação ainda estuda maneiras de lidar com a suspensão das aulas mas, em São Paulo, por exemplo, onde as aulas começaram a ser suspensas gradativamente dia 16 de março, a Secretaria da Educação, homologou a deliberação do Conselho Estadual que permite o ensino a distância (EAD) aos alunos do ensino fundamental e médio durante o período sem aulas, para que possam ser computadas como dias letivos

Nas escolas particulares, as instituições estão fornecendo materiais de apoio para que o ensino a distância também seja uma realidade.

Estabeleça, junto às crianças, horários para o estudo, lições e leitura.

Fale sobre a pandemia

Incertezas podem gerar muito mais ansiedade nas crianças e, com todas as notícias de contágio e mortes por coronavirus, o melhor mesmo é que elas sejam informadas e confortadas pelos seus pais ou pessoas mais próximas.. Por isso, você pode:

  • De maneira branda, fornecer informações às crianças sobre o cenário atual do coronavírus;
  • Ensinar como elas devem se proteger lavando as mãos e protegendo o rosto ao espirrar ou tossir;
  • Ensinar sobre a importância de manter limpos todos os locais, objetos e brinquedos;
  • Mostrar o quanto elas são importantes e podem se tornar defensores da prevenção e do controle de doenças em casa, na escola e na comunidade.

Entretanto

Entretanto Educação
Avalie o artigo
[Total: 0   Average: 0/5]
COMPARTILHE
PARTICIPE
Faça seu login
Avalie o artigo
[Total: 0   Average: 0/5]
COMPARTILHE
Recomendados