21/06/2021

Cinco conteúdos multiformatos para ampliar o repertório sobre diversidade

A aprendizagem e conhecimento sobre a realidade dos membros do movimento LGBTQIA+ precisa ser rotina para aqueles que buscam transformar a sociedade em uma que respeite a diversidade. Ouvir, assistir e ler mais sobre as experiências dessas pessoas nos ajudam nessa construção. 

Por isso, trazemos algumas dicas de conteúdos em multiformatos para aprender mais e se colocar em contato com referências sobre diversidade. Confira:

Podcast: Todas as Letras

Criado, apresentado e escrito por Renan Sukevicius, jornalista da Folha, o podcast discute o lugar da população LGBTQIA+ e aborda temas como religião, política e mercado de trabalho com relação à comunidade.

Canal no Youtube: Tempero Drag

A drag queen, Rita von Hunty, personagem criada pelo professor Guilherme Terreri Lima Pereira, que promove reflexões sociológicas com ricas e instigantes referências bibliográficas sobre assuntos que transitam entre estereótipos, discursos de ódio e outros temas sensíveis à causa.

Série: Pose | Netflix

A trama se passa em Nova York, entre as décadas de 1980 e 90, e narra a vida de Blanca (MJ Rodriguez), mulher transgênero que descobre ser portadora do vírus HIV. Ela é frequentadora de bailes LGBTQIA+, abre a sua própria boate e torna-se “mãe” de um talentoso dançarino e uma prostituta apaixonada por um cliente. 

Filme: Flores Raras 

A produção brasileira, de 2013, narra  a história de amor entre a escritora americana Elizabeth Bishop e a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares, no contexto da vida, política e na história brasileira das décadas de 50 e 60. 

Livro: “História da sexualidade”, Michel Foucault

Publicado pela primeira vez em 1976, o estudo analisa o que o filósofo chamou de “hipótese repressiva”, cuja ideia de que a sociedade ocidental pode ter suprimido a sexualidade desde o século XVII até o século XX.

BÔNUS! LGBTFLIX:  

Pensando no momento de isolamento, o coletivo curou uma galeria de filmes brasileiros de temática LGBTQIA+ totalmente gratuito. Na plataforma, é possível filtrar as 250 publicações disponíveis de acordo com a sigla de interesse. 

Para seguir no Instagram

@hilton_erika – Erika Hilton é mulher negra, trans, militante e presidenta da Comissão de Direitos Humanos da Câmara de SP. Em 2020, foi a vereadora mais votada do Brasil.  

@isisbroken – Isis Broken é mulher negra, trans, cantora sergipana que mistura o rap e o repente em suas composições.

@transpreta Giovanna Heliodoro é mulher trans, historiadora, comunicadora, apresentadora e colunista.

@vitordecastro – Com muita informação e bom humor, conteúdos sobre a comunidade LGBTQIA+ dão o tom ao perfil de Vitor de Castro.

@todxsbrasil – ONG cujo objetivo é promover a inclusão de pessoas LGBTQIA+ na sociedade por meio de formação de lideranças, pesquisas e ações de conscientização.

Entretanto

Entretanto Educação
Avalie o artigo
[Total: 0   Average: 0/5]
COMPARTILHE
PARTICIPE
Faça seu login
Avalie o artigo
[Total: 0   Average: 0/5]
COMPARTILHE
Recomendados
Outras matérias da mesma editoria