31/08/2021

Tecnologia: aprendizagem conectada

A Global Learner Survey pt.1, pesquisa da Pearson que ouviu 2 mil estudantes universitários e 4 mil pais de alunos com idades entre 11 e 17 anos, no Brasil, China, Reino Unido e Estados Unidos, revelou um fato importante: as pessoas estão reavaliando a forma como observam a utilidade da internet nos ambientes de aprendizagem.

São nítidos os impactos da pandemia de Covid-19 na relação das pessoas com a aprendizagem e o uso das tecnologias, especialmente com as ferramentas mais utilizadas em sala de aula, como smartphones, tablets e computadores. De acordo com dados de pesquisa do Instituto DataSenado o principal modo de acessar os materiais de estudo é o celular com 64%, seguido pelo computador com 24%.

De volta à pesquisa da Pearson, considerando o conjunto de quatro países, 86% dos pais e 77% dos estudantes preveem que as escolas passarão a ter mais recursos tecnológicos no pós-pandemia. A grande maioria dos respondentes (81% dos pais e 76% dos estudantes) também espera que suas comunidades se tornem mais preparadas para superar desafios. 

No Brasil, 67% dos estudantes universitários consultados afirmaram que enxergam mais valor em sua educação hoje do que jamais antes. Eles também disseram ter desenvolvido tanto habilidades técnicas (como competências tecnológicas e digitais) quanto comportamentais (como adaptação, flexibilidade e automotivação) durante a pandemia.  

Os daaos reforçam a importância de professores e aprendizes se adaptarem cada vez mais ao universo online, pois a tendência para o futuro é uma aprendizagem cada vez mais conectada e em multiformatos.

 

 

Entretanto

Entretanto Educação
Avalie o artigo
[Total: 0   Average: 0/5]
COMPARTILHE
PARTICIPE
Faça seu login
Avalie o artigo
[Total: 0   Average: 0/5]
COMPARTILHE
Outras matérias da mesma editoria