16/09/2021

A qualidade do ensino de idiomas pode ser uma realidade das escolas públicas?

Um levantamento da Britsh Consul, de 2019, mostrou que as escolas públicas brasileiras sofrem com baixa qualidade do ensino de inglês. Dos estados analisados, apenas dois atingiram todos os critérios necessários da pesquisa para o ensino de qualidade do idioma: Paraná e Pernambuco. 

A pesquisa aponta os déficits no desenvolvimento do ensino do idioma nas escolas públicas, especialmente com a falta de uma grade curricular que desenvolva o bilinguismo entre os estudantes. Para o cenário de formação de professores, os números também merecem atenção:

Ensino de idiomas

Diante destes números, será que é possível que a educação pública no Brasil garanta aos alunos de educação básica uma aprendizagem de qualidade?

Para Cláudia Yazlle, gerente pedagógica nacional da Pearson, há uma tendência que vem crescendo para fazer com que a educação pública para o ensino de idiomas aconteça de forma qualitativa.   

Claudia explica que tradicionalmente, no Brasil, os alunos não aprendiam inglês na escola, precisavam buscar escolas particulares específicas para o ensino do idioma. “Hoje, é uma tendência que o ensino de inglês na educação básica melhore, com professores mais capacitados e escolas mais preparadas para atender o aluno na ponta. Aliado a isso, temos a globalização facilitando e reconhecendo que a Língua Inglesa não é o fim, mas o meio, a porta para que os alunos tenham contatos com outros conhecimentos”, disse a gerente.

Pensando nisso, a Pearson desenvolveu o Fluentize – Inglês para todos, uma solução que combina estratégias de ensino customizadas para atingir todos os atores envolvidos na aprendizagem, desde alunos, professores e escolas até as famílias. O objetivo da solução é oferecer um ecossistema que permita atingir resultados efetivos e mensuráveis.

“As vantagens da solução são muitas, mas eu destacaria principalmente dois pontos: a capacidade de trazer resultados precisos e com clareza, independente se é aluno, escola, professor ou responsável. Além de serem facilmente mensuráveis e de fácil compreensão”, finaliza.   

Para os alunos

Os alunos encontrarão conteúdos digitais e impressos em coleções didáticas da Educação Infantil ao Ensino Médio, testes online para o apoio na aprendizagem e de nivelamento que inclui métodos para o desenvolvimento da fala, da escrita e da compreensão. Com essa estrutura, a solução busca acompanhar toda a jornada de aprendizagem desse aluno, ajudando a desenvolver as quatro habilidades principais do idioma: conversação, leitura, escuta e escrita.  

Para os professores

Os professores contam com todo o suporte no processo de ensino e aprendizagem. Esse apoio também irá ajudar na qualificação profissional dos servidores, com atualização, desenvolvimento de habilidades socioemocionais e específicas, além de aprimoramento no inglês Entre as ferramentas à disposição, estão avaliações constantes para seu nível de conhecimento, testes online para o acompanhamento de aprendizagem da turma e programas como Pearson English Interative e Teacher Education e Learning Academy. 

Para as escolas

O corpo administrativo das escolas, a Fluentize oferece diagnósticos do cenário atual escolar a partir dos padrões internacionais pela GSE (Global Scale of English) e capacitação online, qualificando não somente o corpo docente, mas também coordenadores pedagógicos e diretores (Academia Pearson Governo).

Entretanto

Entretanto Educação
Avalie o artigo
[Total: 0   Average: 0/5]
COMPARTILHE
PARTICIPE
Faça seu login
Avalie o artigo
[Total: 0   Average: 0/5]
COMPARTILHE
Outras matérias da mesma editoria