Projetos de inovação educacional serão destaque no 10º Prêmio Professores do Brasil

por: Entretanto

O impacto da inovação tecnológica na educação de crianças e jovens é cada dia mais forte. Por todo o país, a tecnologia vem conquistando espaço nos processos de ensino e aprendizagem, e tornando educadores e educandos parceiros na construção do conhecimento. Por conta dessa evolução, o uso de ferramentas e recursos digitais nas práticas escolares ganhou destaque na 10ª edição do Prêmio Professores do Brasil, evento promovido pelo Ministério da Educação (MEC).

Além das modalidades regulares do prêmio, este ano foi instituída a Temática IV: Uso de Tecnologias da Informação e da Comunicação no Processo de Inovação Educacional, categoria especial que ficará sob a curadoria do Centro de Inovação para a Educação Brasileira (Cieb), um dos parceiros técnicos do MEC na premiação.

Essa temática foi pensada a partir da proposta de identificar atividades pedagógicas que promovam a cultura de inovação e o uso de tecnologia para melhorar a qualidade e a equidade na educação pública. “Reconhecer e disseminar as boas práticas ajudam a multiplicar iniciativas inovadoras, a inspirar professores e gestores das redes de ensino”, diz Lúcia Dellagnelo, diretora presidente do Cieb.

Na categoria, serão premiados três docentes: um das séries iniciais do ensino fundamental, um das séries finais do fundamental e um do ensino médio. Cada vencedor receberá R$ 5 mil. E essa é uma categoria que não exclui a participação nas demais. Os professores podem concorrer na Temática IV e também nas categorias regulares.

As inscrições vão até dia 25 de agosto, pelo site do Prêmio Professores do Brasil ou pelo aplicativo gratuito PPB, disponível nas lojas Google Play e na App Store. É só baixar e acompanhar o tutorial “Na trilha das Boas Práticas de Ensino”, certificado pelo MEC, que orienta, em um breve curso, sobre como valorizar seu projeto para concorrer ao prêmio.

Fonte: Prêmio Professores do Brasil.

Receba nossa News