Foco no lado humano da aprendizagem

por: Entretanto

Uma jovem chamada Maddie está ajudando universitários norte-americanos a compreenderem o significado do que é ser uma pessoa transgênera dentro das salas de aula.

 

“Seu nome de nascimento era Joel. Ela usava muito as roupas de sua irmã e começou a dizer coisas como: ‘por que Deus me fez um menino?’”, conta a mãe de Maddie, Katie. Na primeira série, Maddie tomou a decisão de mudar de gênero. “Isso me fez sentir como se eu estivesse em casa. Mas era uma casa diferente – para o meu cérebro e para o meu coração”, recorda ela.

 

A história de Maddie é contada em um dos inúmeros vídeos da coleção Pearson Originals, que ajuda os alunos a conectarem o que aprendem em sala de aula ao mundo real. Assista, acima (em inglês).

 

Conteúdo desenvolvido para  alunos

 

“Esses vídeos são uma nova maneira de utilizar o conteúdo para envolver os alunos”, diz Jeff Marshall, gerente executivo da Pearson, que ajudou a lançar a série de vídeos.

 

Jeff trabalha lado a lado com os alunos e professores para descobrir o que está — e o que não está — funcionando na sala de aula. Um problema comum enfrentado pelos professores com os quais ele trabalha é que os alunos, muitas vezes, não fazem a leitura necessária. Os vídeos da coleção Pearson Originals oferecem uma forma mais envolvente de assimilar as ideias e os temas principais do curso.

 

“O objetivo é mostrar aos alunos que o que eles leem não é somente uma abstração e que, quando falamos em diversidade, por exemplo, as ‘Maddies’ do mundo são pessoas reais”, reforça Jeff.

 

Um começo sólido

 

Quando a primeira leva de vídeos ficou pronta, Jeff colocou-os em prática, mostrando-os ao seu filho de 13 anos.

 

“Os adolescentes nos dão opiniões verdadeiras. A reação dele foi dizer: ‘estes vídeos são legais, pai – você está no caminho certo’ “.

 

Desde então, o executivo têm recebido um feedback positivo dos alunos e dos professores que utilizam os vídeos em sala de aula.

 

“Algumas pessoas se envolveram tanto com os vídeos que sugeriram novos temas para abordarmos nos próximos”.

 

+ Leia mais: Ensinando crianças e jovens a respeitarem diversidades.

 

++ Leia mais: Diversidade em sala de aula. 

 

O aqui e o agora

 

Jeff diz que os vídeos foram recebidos de forma muito positiva porque eles refletem assuntos importantes e que nos conduzem a bate-papos da vida real: “Descobrimos que quando o conteúdo reflete o mundo que os alunos conhecem, eles vão até o fim”, diz.

 

Catherine Medrano, professora de Sociologia que utiliza a coleção Pearson Originals em sala de aula, concorda. “Graças à tecnologia, os alunos estão mais sintonizados às notícias recentes do que nunca. Quanto mais atual os materiais do curso forem, mais os alunos ficarão animados e engajados”, diz.

 

Atingindo o maior número de alunos

 

Até agora, a equipe de Jeff lançou 34 vídeos para a coleção Pearson Originals, e a produção segue em andamento: “Estamos expandindo para outras disciplinas, afinal, esse conteúdo é poderoso e está funcionando”, conta o líder.

 

O poder da narrativa

 

Jeff espera que os vídeos incentivem os alunos a pensarem no grande cenário de problemas que afetam as comunidades em todo o país.

 

“Os direitos dos transgêneros, as crises políticas, as notícias falsa – todos conhecemos alguém que sofreu com o impacto destes tópicos. É por isso que queremos contar essas histórias – para ajudar os alunos a conectarem o pessoal ao macro “, conclui.

 

-> Conteúdo originalmente publicado em Pearson Learning.

Receba nossa News

A Educação é feita da união de conhecimentos. Preencha seu e-mail e receba nossos conteúdos atualizados!

*Não lote sua caixa de e-mail. Nossas newsletters são enviadas quinzenalmente e trazem um resumo dos melhores conteúdos publicados.