Entendendo a importância do Global Scale of English

por: Mônica Bicalho

Afinal de contas o que é o Global Scale of English (GSE)? Qual a sua importância?

 

Para começar, é preciso dar um passo atrás e entender o que é o Common European Framework of Reference for Languages (CEFR). O CEFR é uma escala usada como referência de progresso desde 2001, na tabela abaixo vemos, de forma simplificada a evolução nas conquistas de aprendizado numa língua estrangeira. Para cada um dos estágios há uma descrição do esperado em termos de habilidades comunicativas. Contudo, essa escala apresenta como principal problema o fato de ser muito geral em termos dos objetivos de aprendizagem de cada nível. Um efeito negativo dessa falta de granularidade fica muito evidente com alunos que estão no B1 e B2, que são níveis plateau, ou seja, níveis onde a tendência é progredir de forma mais lenta. Sem uma percepção clara de progresso muitos alunos ficam desmotivados e desistem.

 

 

Tendo como referência o CEFR, mas entendendo as necessidades de melhoria, a Pearson, depois de muita pesquisa e validações com professores de língua inglesa ao redor do mundo, criou a sua escala de referência: o Global Scale of English, Uma escala de progressão que mede a proficiência na língua inglesa de forma granular. Ela foi desenhada com o objetivo de motivar os alunos demonstrando o seu progresso de forma mais precisa, identificando o que um aluno pode fazer especificamente em cada ponto da escala dentro das habilidades de fala, compreensão auditiva, leitura e escrita.

 

O GSE pode ser descrito como um ecossistema composto de quatro partes:

 

 

1. A escala de progressão que vai de 10 a 90 numa correlação direta com o CEFR.

 

 

2. Os learning objectives, objetivos de aprendizagem específicos de cada habilidade comunicativa apresentados de forma granular e progressiva.

 

Os GSE Learning objectives são o ponto de partida para a criação de novos materiais Pearson e foram desenhados para tornar o aprendizado mais eficaz e garantir um impacto positivo e mensurável na vida de nossos alunos.

 

Leia mais sobre a importância da Global Scale na motivação dos alunos.

 

Personalizamos o progresso do aluno, informando, tanto para ele quanto para a escola, pais e professores, de forma precisa, o que ele é capaz de fazer (can do statements) em cada estágio do seu desenvolvimento e em cada uma das quatro habilidades (ler, ouvir, falar e escrever). Dessa forma podemos definir melhor os resultados pretendidos com cada um de nossos materiais, o que está no centro da proposta de Eficácia.

 

Exemplo de objetivos de aprendizagem para a habilidade de escuta no nível A2.

 

3. O material didático em si.

 

No caso da Pearson Brasil, já trabalhamos desde 2015 desenvolvendo material didático que tem como referência a régua e os objetivos de aprendizagem explicitados no Global Scale of English.

 

4. Assessment, avaliações calibradas com os objetivos de aprendizagem definidos no Global Scale of English.

 

 

A Global Scale of English é uma referência de suma importância, ele nos permite: criar grades curriculares com progressão mais apropriada, desenvolver material didático de mais qualidade e que realmente esteja adequado ao nível proposto, definir de forma mais clara os resultados de aprendizagem pretendidos, medir o  progresso do aluno de forma fácil e precisa. E, finalmente, mas não menos importante,  ajudar nossos alunos a  ter respostas para as perguntas:

 

  • Quão bom é o meu inglês?
  • Estou progredindo?
  • O que preciso fazer para melhorar?

 

Como ponto final, vale ressaltar que recentemente o Council of Europe, incluiu 70 GSE Learning Objectives no seu documento de referência, endosso valioso para a escala da Pearson.

 

Quer saber mais? Clique aqui e tenha acesso aos GSE learning objectives,vídeos e blogs sobre o assunto.

 

Leia outro artigo de Mônica Bicalho.

Receba nossa News