Construção de Mapas em Madeira de Compensado em Fablabs

por: Paulo Roberto Magalhães

A Escola Municipal de Duque de Caxias está situada na região do Glicério, Bairro da Liberdade, na capital paulista. É um bairro de grande extensão, levando-se em consideração a proporcionalidade espacial. É uma região central, com características peculiares como, por exemplo, cortiços e pensões aglomeradas, onde vivem contingentes de imigrantes vindos de outros países.

A maior dificuldade dos alunos da Duque de Caxias é relacionar-se com o bairro, mas a partir do projeto “Construção de Mapas”, tudo mudou. Meu maior objetivo era fazer com que eles confeccionassem mapas cartográficos (bairro, cidade, do estado de São Paulo e Brasil) primeiramente em folha de papel vegetal. Depois, trabalhamos com mapas emocionais da sua casa a escola até chegarem a trabalhar no Fablabs, nos computadores e, depois, nas confecções com folhas de compensados.

Como forma de de desenvolver a atividade, levo os alunos para explorar as proximidades do Glicério, ampliando a compreensão da cartografia através destas aulas fora da sala. Para concluir o procedimento,  o laboratório de criatividade Fab Lab Livre SP, situado na Galeria Olido, auxiliou-nos com o processo de construção dos mapas em madeira compensada.

O uso do laboratório de criatividade vêm sendo desenvolvido com os alunos, e tem como objetivo trabalhar a ideia de proporção geográfica, levando em consideração o tamanho do bairro, da cidade, do estado e do país. A aprendizagem acontece, inicialmente, na sala de aula, e segue durante todo o trajeto, que vai desde o bairro do Glicério, onde fica localizada a escola – até a Galeria, na famosa Avenida São João.

Este percurso é feito com orientação não só do professor de geografia, mas também de outros que podem contribuir com o conhecimento. Fazemos uma caminhada de cerca de dois quilômetros. Para chegar até o laboratório, os alunos passam pelo bairro da Liberdade, Praça da Sé, Prefeitura de São Paulo e Vale do Anhangabaú, até encontrar o histórico prédio da Galeria Olido. A cada esquina, muito aprendizado.

Com os conceitos sobre cartografia já iniciados em sala de aula, os alunos participam de oficinas com profissionais do laboratório e, depois, de mais quatro aulas práticas. O produto final são os mapas confeccionados com o corte a laser, em madeiras compensadas, e produzidos pelos alunos. Os conteúdos específicos que foram trabalhados durante o percurso do projeto trazem novas experiências, reforçando temas trabalhado como a ocupação do espaço, dimensão e localidade, noção de território, do espaço geográfico e de cidade.

Autores como Milton Santos, Paulo Freire, Nicolau Sevenko e Luiz Kohara serviram como referência bibliográfica nesta nossa prática.

Assista ao vídeo e saiba mais!

Receba nossa News